sábado, janeiro 6

Democratas X Iraque


Muito tem-se falado que, saindo o Ditador Mundial W Bush da presidência dos EUA, também sairiam os soldados americanos do Iraque. Será??
No blog do Bourdoukan ele alerta para uma estória mal contada que muitos estão embarcando, que é a mentira de que com uma maioria democrata no congresso, os EUA deixariam sua belicosidade de lado.
Mas a própria história se encarrega de derrubar esta idáia:
_Foi com Kennedy, um democrata, que houve a invasão a Cuba;
_Foi durante o governo democrata de Kennedy e Johnson que invadiram o Vietnam;
_E com Jimmy Carter houve a tentativa de invadir o Iran;
_Além de ter havido inúmeras ditaduras apoiadas pelos democratas na América Latina.
Ou seja: troca-se a coleira mas o cão continua o mesmo cão de guerra de sempre.

3 comentários:

Jens disse...

Salve Stanis.
Obrigado pela visita lá na trincheira. Gostei do teu blog. Aparecerei outras vezes. Acho que os EUA sairão em breve do Iraque, pois já perceberam que estão numa guerra perdida.Eles são belicosos, mas não são burros (a não ser que não tenham aprendido nada com o Vietnã). Um abraço.

Stanis Fialho disse...

Valeu Jens:
Desculpe pela demora na publicação do teu comentário é que eu estava ausente.
Um grande abraço

Claudia Cardoso disse...

Oi, Stanis! Outra coisa dos democratas: foi no governo Bill Clinton que surgiu o conceito da "guerra preventiva" e os EUA como os policiais do mundo... hmpf!
Abraço!